Saiba o que é o onboarding de funcionários e qual a sua importância

Saiba o que é o onboarding de funcionários e qual a sua importância

Os turnovers são o pesadelo de qualquer empresa, afinal de contas, contratar e treinar um novo funcionário demanda tempo e dinheiro, assim, todo o investimento realizado em um colaborador poderá resultar em prejuízo quando este resolve se desligar da organização.

Para conquistar o recém-contratado e deixar tudo às claras em relação ao que se espera desse profissional, surgiu o onboarding de funcionários, processo que pega pela mão, acolhe e mostra todas as nuances de uma empresa ao mais novo integrante do time. Confira mais a seguir.

 

O que é o Onboarding de funcionários?

Consiste no processo de integração de um funcionário por meio de apresentação da empresa. Isso engloba desde os novos colegas de trabalho e chefia, até a apresentação das instalações e departamentos da instituição. Faz parte ainda do processo de onboarding de funcionários a apresentação da cultura organizacional, assim como missão e valores da organização.

Em suma, o onboarding de funcionários é importante para uma adaptação mais rápida e eficaz do funcionário, pois é nessa etapa que são inseridos conhecimentos, comportamentos e habilidades essenciais para o exercício da nova função. Isso quer dizer que o novo contratado será devidamente tutoreado durante seu processo de adaptação, assim como receberá orientações em relação ao que será exigido no novo cargo.

 

Qual a importância do onboarding de funcionários?

Retenção de talentos

O processo de onboarding de funcionários não tem um tempo de duração. Em média, toda a apresentação pode levar uma semana, mas há organizações que utilizam os 3 primeiros meses de experiência para a sua aplicação. No onboarding não existe afobação, pois é importante que o funcionário assimile cada detalhe de maneira eficaz. Isso aumenta a certeza de adaptação com as tarefas e cultura organizacional, reduzindo consideravelmente as chances de turnover.

Redução de rotatividade

Deixar o funcionário recém-contratado por dentro de tudo o que é esperado pela empresa em relação ao seu perfil e qualificações torna todo o processo seletivo mais bem-sucedido, já que com todas as informações colocadas de forma clara, haverá maior alinhamento entre as expectativas da empresa e o que o funcionário pode oferecer. Com isso, são reduzidas as possibilidades de futuros desligamentos por insatisfação ou má adaptação ao cargo, por exemplo.

Assertividade nas tarefas

Ao estar a par das tarefas inerentes ao cargo, as chances do mais novo funcionário executar suas funções de maneira correta são bem maiores, reduzindo erros e trazendo resultados para a empresa em um menor espaço de tempo.

Engajamento

É totalmente natural que o recém-contratado tenha alguns receios antes de assumir uma nova função, afinal de contas, são novas responsabilidades em um ambiente até então desconhecido. O onboarding de funcionários serve exatamente para “quebrar o gelo”, fazendo com que o profissional se sinta mais entrosado e seguro para realizar perguntas e lidar com conflitos, já que ele saberá exatamente a quem recorrer em caso de dúvidas.

 

Como aplicar o onboarding de funcionários?

Aqui entra o fundamento dos 4cs, que são:

Conformidade: introdução à política da empresa, regras, processos.

Clarificação: esclarecimento em relação ao que a empresa espera do funcionário.

Cultura: apresentação da cultura organizacional, missão e valores.

Conexão: integração do colaborador ao restante do time.

Utilizando esses 4 fundamentos como guia, podemos inserir o onboarding de funcionários da seguinte forma:

Processo preparatório

  • Recomendamos que inicie o onboarding de funcionários em uma segunda-feira para que haja tempo de o colaborador entrar no ritmo de maneira natural, sem afobação;
  • Na sexta-feira, mande previamente um e-mail lembrando sobre o onboarding na semana seguinte;
  • Ainda na sexta-feira, mande um e-mail para os demais membros da equipe apresentando o novo colaborador;
  • Se possível, encarregue um segundo funcionário para auxiliar no processo de integração do novato;
  • Deixe preparada a estação de trabalho do recém-contratado com tudo o que ele precisa, como números de ramais, mouse, computador, senhas etc. Se quiser, você pode deixar também algum mimo de boas-vindas.

Aplicando na prática

  • Faça uma apresentação geral da empresa, mostrando locais básicos como banheiro, refeitório/cozinha, localização de impressora, etc;
  • Deixe o novo funcionário a par de horários importantes, como o de almoço e café;
  • Aproveite o horário das refeições para apresentar todos os integrantes do time, tornando todo o processo mais casual e descontraído;
  • Não se esqueça de apresentar os superiores, inclusive o CEO, pois eles são os principais responsáveis por divulgar a cultura organizacional da empresa.

Tome cuidado para não sobrecarregar o funcionário com excesso de informações. Preocupe-se apenas em passar o essencial. Como o onboarding é um processo um pouco mais longo que um dia, dará tempo de integrá-lo devidamente. Até lá, a nossa preocupação será esclarecer dúvidas e fazê-lo se sentir acolhido.

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

 

Anterior Conheça 5 vantagens em utilizar plataformas de testes online de RH
Próxima Feedbacks de RH - Conheça alguns formatos e saiba aplicar

About author

Você pode gostar também

Dicas e Novidades

People Analytics: Importância e como aplicar na sua empresa!

O gerenciamento de um RH estratégico depende muito do People Analytics, que consiste no levantamento de dados de funcionários para a elaboração de análises de dados que poderão servir para

Destaque

Conheça o MASP: Mapeamento de perfil comportamental exclusivo da Rankdone.

O mapeamento de perfil comportamental aplicado nos processos seletivos pode gerar informações importantes para ajudar o recrutador em sua escolha. Ele colabora para a melhor distribuição do capital humano dentro

Destaque

O que é a forma híbrida de trabalho?

Em tempos de pandemia, muitas empresas se viram obrigadas a passar do trabalho presencial para o home office. A ideia agradou tanto que empresas têm investido cada vez mais não