4 motivos para usar o big data em processos de recrutamento e seleção

4 motivos para usar o big data em processos de recrutamento e seleção

O big data é uma das ferramentas mais recentes do mundo da tecnologia e pode ser aplicado em diversas áreas da atividade humana. Por meio do cruzamento de dados disponíveis em sites, redes sociais e outras fontes, o sistema reúne ricas informações sobre pessoas, produtos e organizações. 

Para os recursos humanos e o departamento de pessoal das empresas, o big data oferece grande utilidade junto aos processos de recrutamento e seleção com a ajuda desse cruzamento de dados. A busca por melhores talentos, de acordo com os perfis de cada negócio, se torna mais ágil com essa ciência.

Confira 4 motivos para usar o big data em processos de recrutamento e seleção.

1 – O big data ajuda a filtrar grandes quantidades de candidaturas

Uma das mais importantes utilidades do big data está nos processos de filtragem do recrutamento. A utilidade é ainda maior no caso de vagas que recebem grande volume de currículos, cuja análise tomaria muito tempo por parte do RH de uma empresa.

Um software de big data consegue analisar os dados internos sobre habilidades, experiências, conhecimentos e competências. Além disso, cruza tais dados com as informações contidas nos currículos. Ao final, a empresa poderá identificar com mais assertividade os candidatos ideais. 

2 – O big data auxilia na identificação de talentos 

Reter funcionários talentosos e com alta capacidade constitui um dos maiores desafios dos Recursos Humanos atualmente. Manter talentos traz muitos benefícios às empresas, como economizar processos custosos de recrutamento e seleção. Colaboradores que recebem treinamento e ficam pouco tempo na empresa acabam desperdiçando recursos.

O big data ajuda nesse sentido, pois consegue rastrear o perfil dos funcionários que saem e dos que ficam, identificando eventuais padrões. A partir daí, os gestores poderão trabalhar para valorizar os pontos frequentes que mantêm as pessoas na organização.

3 – O big data permite economizar tempo e recursos nos processos de recrutamento e seleção 

O uso do big data ao longo do recrutamento e seleção torna o trabalho muito mais preciso e eficaz. Em pouco tempo, o sistema realiza um cruzamento de dados que identifica perfis detalhados de cada candidato. O resultado é a economia em processos que, feitos sem o big data, seriam muito mais demorados.

4 – O big data melhora a gestão de pessoal de forma geral

A partir das informações colhidas pelo big data nos processos de recrutamento e seleção, a empresa terá acesso a dados extremamente úteis. Tais dados servem para elaborar bons planejamentos de RH

As informações permitem aos gestores um maior acerto na tomada de decisões importantes, como eventuais reestruturações. Outra vantagem para o setor de RH é que, com dados à mão, os gestores poderão humanizar a organização, indo ao encontro das demandas dos colaboradores. 

Sem dúvidas, o big data ajuda os gestores a identificarem com maior agilidade e precisão os perfis e os talentos mais alinhados às metas de um negócio. Essa ferramenta é uma das grandes tendências da tecnologia, e será cada vez mais utilizada em âmbito corporativo.

Quer conhecer mais ferramentas atuais que tornam os processos de recrutamento e seleção mais ágeis? Descubra agora 4 tendências atuais da área

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

 

Anterior 4 dicas de hábitos para tornar o ambiente organizacional melhor
Próxima 4 dicas para montar uma proposta de trabalho atrativa

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 92 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Dicas e Novidades

Talent Acquisition: entenda como funciona

Nos últimos tempos, o mercado de trabalho tem passado por diversas mudanças. Isso significa que candidatos a uma vaga de emprego precisam estar sempre atentos às novas exigências comportamentais pautadas

Recursos Humanos

O mundo pós-Covid-19 no Recrutamento e Seleção

Uma das áreas corporativas mais afetadas por esta mudança é, sem dúvidas, a de Recrutamento e Seleção. Afinal, muito dos processos realizados contavam com entrevistas e dinâmicas realizadas pessoalmente. Por

Dicas e Novidades

Gamificação nas empresas: saiba a importância para o recursos humanos

A gamificação é um termo que vem do inglês, gamification, e cada vez mais tem sido incorporada pelas empresas. A ideia é seguir o sistema de recompensas de um jogo,