5 dicas para fazer um planejamento de RH incrível

5 dicas para fazer um planejamento de RH incrível

Saber como fazer planejamento de RH é uma necessidade para o setor e até para um empreendedor ou gestor, o que pode acontecer em empresas menores. Toda organização precisa de um planejamento e, em alguns casos, uma estratégia, e o do RH é essencial para alinhar todas as demandas da empresa.

Um motivo para isso é a burocracia e a organização necessária para as rotinas e funções do setor, desde a contratação de pessoal até os pagamentos, cumprimento de legislações trabalhistas e projetos de comunicação interna.

Além disso, o RH precisa estar alinhado aos planos de crescimento e expansão da empresa, se antecipando para tais momentos.

Saiba agora como fazer planejamento de RH em 5 dicas práticas.

Faça um diagnóstico detalhado

É importante começar o planejamento de RH fazendo um levantamento de todas condições da empresa. Esse diagnóstico deve partir de pesquisas e observações sobre os setores, sua produtividade e os recursos disponíveis.

Um exemplo de pesquisa necessária para o planejamento das futuras ações é a de impressões sobre o clima organizacional. Ouça os colaboradores e as gerências, o que vai ajudar a estimar quais são as necessidades da empresa e expectativas em relação ao RH.

Esteja atento às metas e objetivos

Como já foi comentado, o planejamento de RH deve estar alinhado às metas e objetivos gerais da empresa, de acordo com seus valores e missão. Isso porque, se a empresa quer abrir uma filial, o RH precisa incluir em suas tarefas a abertura de um processo de recrutamento e seleção e a criação de um treinamento, por exemplo.

Um passo importante que acompanha essa dica é a definição de um cronograma de execução do planejamento, indicando seu período de regência e as metas a curto, médio e longo prazo.

Considere a influência do ambiente externo

Ao elaborar o planejamento de RH, deixe uma brecha para observação do ambiente externo: o mercado, o cenário político e econômico do país, tendências de consumo, relações com fornecedores ou concorrentes, etc.

Tudo isso escapa do controle da empresa mas pode afetar seu trabalho de forma positiva ou negativa, e por isso o RH precisa considerar esse fator ao definir um planejamento anual ou mais longo.

Mas cuidado, esse não é um motivo para deixar o planejamento em aberto.

Avalie as variáveis e os indicadores de RH

Nesta dica, o profissional por trás do planejamento precisa se dedicar a uma análise de números. Os indicadores de RH (ou métricas) são as taxas que apontam se a gestão de pessoas está sendo efetiva ou em que pontos pode melhorar.

Dois números muito importantes para esse momento são as taxas de turnover (demissão ou desligamento) e de absenteísmo, as faltas. Esses fatores indicam a produtividade dos funcionários e seu engajamento dentro da empresa.

Se for identificado um grande número de desligamentos voluntários, o que aumenta o trabalho e os custos da empresa, o planejamento de RH deve definir como esse fator será contornado.

Crie um plano de ação

O plano de ação nada mais é do que a estratégia que o RH irá seguir. Faça a organização de todos os processos e rotinas do setor, focando em formas de reduzir custos e evitar o desperdício de tempo.

Um exemplo de estratégia é a criação de um roteiro fixo para processos de recrutamento e seleção, indicando todas etapas e profissionais envolvidos nesse trabalho. Considere também as estratégias de comunicação, integração e cumprimento de políticas da empresa.

Agora que você já sabe como fazer planejamento de RH, saiba como a gestão de pessoas pode diminuir a rotatividade.

Anterior Recrutamento Interno: o que é?
Próxima 4 formas de recrutar talentos para sua empresa

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 92 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Recursos Humanos

Conheça os benefícios e vantagens de fazer um recrutamento online

Para o Recrutador Talvez você não esteja nos sapatos do pessoal de Recrutamento e Seleção… Você tem ideia de quanto é trabalhoso hoje em dia fazer recrutamento e seleção sem

Recursos Humanos

Recrutamento e Seleção: Impulsionando o engajamento de candidatos.

by Riia O’Donnell    A competição no mercado de TI continua crescendo, por isso, empregadores também precisam se destacar para atrair os melhores e mais brilhantes profissionais. Melhorar o engajamento de

Recursos Humanos

Como otimizar o processo de seleção de pessoas?

Muitas vezes o processo de seleção demora muito mais do que o desejado, aumentando os custos, demandando muito tempo enquanto a vaga fica aguardando ser devidamente preenchida com o profissional