Saiba o que é Turnover e qual o impacto na organização

Os turnovers são inerentes em qualquer organização, mas dependendo dos seus índices, o que é natural pode se tornar um sério problema, não é à toa que a cada dia são criadas novas estratégias para deter o turnover ao máximo.

Fique com a gente e saiba mais sobre o turnover e seus impactos, assim como evitá-lo.

O que é turnover?

O turnover é o índice de rotatividade de funcionários em uma empresa, ou seja, qual a frequência de desligamentos voluntários ou involuntários em uma organização. Vale lembrar que um certo nível de rotatividade é normal, seja por mudança de cargo, aposentadorias, entre outros motivos. O problema são os índices elevados de turnover, que quase sempre são indicativos de que algo não vai bem nem no ambiente organizacional nem na gestão.

Confira a seguir os impactos causados pelo turnover.

A imagem da empresa sai prejudicada

Com índices elevados de rotatividade, a imagem de uma corporação pode ser prejudicada, já que haverá o questionamento do que pode estar havendo com a empresa para que haja tantos desligamentos.

A imagem interna da organização também sai prejudicada, pois haverá estranhamento por parte dos funcionários ao observar tantos colegas partindo. Além disso, os desligamentos excessivos podem servir de motivação para que ocorram ainda mais, causando graves problemas de retenção na empresa.

Sobrecarregamento de tarefas

Com turnês constantes, os colaboradores poderão se sentir sobrecarregados com o acúmulo de tarefas do funcionário desligado. Sendo isso uma constante na organização, não demora muito até que o colaborador procure por outro local de trabalho.

Queda de produtividade do RH

O tempo valioso que poderia ser usado para um Rh mais estratégico será voltado para processos de recrutamento e seleção, prejudicando o setor na elaboração de estratégias importantes, como fit cultural, mensuração de resultados, desempenho dos funcionários etc.

Despesas com processo seletivo

Processos de contratação sempre demandam muito dinheiro das organizações, como gastos com exames de admissão e treinamento. Com o desligamento do funcionário, todo o investimento aplicado será perdido, e novos gastos serão realizados em uma nova contratação.

Veja também: Trainee: o que faz e por que é importante?

Como evitar turnovers?

Para evitar turnovers, é muito importante trabalhar em estratégias que contribuam para a retenção dos colaboradores. Observe algumas delas a seguir.

Focar no bem-estar dos funcionários

Já era o pensamento de que o estresse fazia parte de um ambiente de trabalho. Hoje em dia, a tendência é o bem-estar do colaborador. Questões que têm sido cada dia mais consideradas por candidatos antes de se candidatarem para uma vaga são a flexibilidade de horário, trabalhos híbridos e ambientes de relaxamento, como espaços para descanso e até mesmo para a prática de yoga, por exemplo.

Abra a sua caixinha de sugestões

Às vezes a melhor forma de saber o que pode ser melhorado é ouvindo da própria fonte por isso, vá atrás de feedbacks dos colaboradores, escute as suas insatisfações e sugestões de melhorias, assim, além de executar mudanças mais assertivas, um laço de confiança é criado, mais um ponto para a retenção de talentos.

Processos seletivos mais assertivos

Atuar de forma mais assertiva no processo seletivo, filtrando candidatos que possam não fazer o perfil da vaga é primordial, porque o turnover pode começar justamente por contratações equivocadas. Evite a falta de adaptação ou o não alcance das expectativas da empresa com o funcionário através de avaliações mais criteriosas. Para isso, use testes para ajudar na precisão da avaliação, como as da Rankdone.

Trabalhar na estratégia de onboarding do novo colaborador

O onboarding consiste em uma estratégia que faz com que o funcionário se sinta acolhido em uma organização, seja em relação ao ambiente corporativo, seja em relação às suas tarefas e colegas de equipe. Essa abordagem faz com que haja uma visão mais clara do que é esperado do funcionário pela empresa, além de transmitir maior sensação de pertencimento ao novato, contribuindo assim para a retenção do recém-contratado.

Espero que tenhamos te ajudado através deste artigo. Lembre-se: para evitar o turnover, observe sempre sua equipe e clima organizacional. Até a próxima!

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

Anterior Setembro amarelo: como as empresas estão investindo no bem-estar de seus colaboradores?
Próxima Conheça o Melhor Software de Recrutamento e Seleção!

About author

Você pode gostar também

IT and Human Resources

Recrutamento de TI: O Alto Custo de Uma Contratação de TI Ruim

por Riia O’Donnell Recrutar para uma posição aberta é uma corrida para encontrar o melhor candidato dentro do seu orçamento e na menor quantidade de tempo. Ao recrutar um candidato

Dicas e Novidades

Gamificação nas empresas: saiba a importância para o recursos humanos

A gamificação é um termo que vem do inglês, gamification, e cada vez mais tem sido incorporada pelas empresas. A ideia é seguir o sistema de recompensas de um jogo,

Dicas e Novidades

Recrutamento e seleção: saiba como administrar a carga de currículos com extração de dados

Um RH estratégico não pode perder tempo com tarefas demoradas que podem ser automatizadas. Este é o caso da análise de currículos enviadas para um processo seletivo. Nesta etapa, é