Saiba o que é employer branding e como aplicar no seu setor de RH

Saiba o que é employer branding e como aplicar no seu setor de RH

Você sabe o que é employer branding? Saiba que essa estratégia pode render muitos frutos para a sua empresa, já que ela fortifica a imagem da corporação perante o mercado e, principalmente, perante o colaborador, o que auxilia a reter e atrair mais talentos.

O employer branding tem a ver com a reputação do empregador, e é associado com o sucesso da empresa na seleção e recrutamento de talentos. É comum pensar que a imagem da empresa se manterá forte com boas políticas de remuneração, o que não deixa de ser um fator importante, mas não o suficiente ao lidar com gestão de pessoas. Trabalhadores não são mais vistos apenas como números, mas sim como um patrimônio que deve ser conservado e aprimorado. Para entender mais sobre o tema, continue lendo este artigo.

 

O que é employer branding?

Employer branding consiste em um conjunto de técnicas e ferramentas que buscam gerar uma percepção positiva da empresa no mercado. As ações de employer branding são um ímã para atrair talentos e manter os trabalhadores mais satisfeitos e engajados.

O employer branding faz com que os funcionários se sintam valorizados e orgulhosos de fazer parte daquela empresa, além de torná-la desejada entre os melhores profissionais.

Para que esse método seja bem aplicado, é necessário levar em conta 3 fatores cruciais: definir a cultura da empresa, melhorar o clima organizacional e oferecer oportunidades de crescimento. Vamos ver cada um deles passo a passo.

 

Definir a cultura da empresa

A cultura organizacional traz maior motivação aos colaboradores, transmitindo visões, valores e ideias para quem tem necessidade de se identificar com o ambiente de trabalho.

O primeiro passo para definir a cultura organizacional da sua empresa é identificar o jeito de ser de sua organização. A cultura organizacional possui 7 características: inovação, atenção aos detalhes, orientação para os resultados, orientação para as pessoas, orientação para as equipes, agressividade e estabilidade.

Alinhar os colaboradores com os objetivos da organização e promover valores em comum também faz parte crucial na definição da cultura da empresa, e isso só é possível analisando e definindo essas características.  Já para propagar valores ao público externo, uma boa dica é utilizar as redes sociais.

 

Melhorar o clima organizacional

Cultivar um ambiente de trabalho sadio é essencial para um bom clima organizacional. Uma dica aqui é reconhecer o bom desempenho da sua equipe, assim como valorizar suas ideias. Se policie também com cobranças absurdas e metas inatingíveis.

Promova também interações saudáveis entre os colaboradores, resolvendo conflitos com rapidez e sensibilidade. Para ajudar ainda mais no entrosamento a equipe, organize eventos que aproximem colegas, como reuniões, happy hours e festas temáticas.

Saiba-o-que-é-employer-branding

 

O bem-estar da equipe é outro fator que influência no clima organizacional de uma empresa. Para mantê-lo, invista na limpeza, decoração e iluminação do ambiente. Os equipamentos, como computadores e impressoras também devem estar em pleno funcionamento para que possam desempenhar suas atividades.

Outra estratégia para manter seu time motivado é o investimento em mimos, como viagens, jantares e parcerias com academias.

 

Oferecer oportunidades de crescimento

Oferecer um plano de carreira aos colaboradores, assim como estabelecer metas baseadas em orientação, supervisão e feedbacks, mostrará ao colaborador que este tem chances de crescer dentro da empresa, mais um artifício para mantê-lo motivado.

Contribua também para que o colaborador desenvolva novas habilidades. Para isso, invista em cursos e treinamentos de capacitação. Tal medida traz frutos para o funcionário e empregador, que poderá contar com uma equipe mais qualificada.

 

Vantagens para a empresa

Atração de talentos

O employer branding auxilia a atrair mais talentos para a sua empresa. O trabalho começa pelos próprios funcionários, que, ao se sentirem valorizados, compartilham essa satisfação com amigos, familiares e em avaliações na internet. Isso ajuda a construir uma imagem positiva da organização, tornando-a referência no mercado. Assim, atrair um bom volume de candidatos qualificados para a sua empresa se torna mais fácil com o employer branding.

 

Retenção de talentos

Ter a oportunidade de trabalhar em uma empresa que oferece tantos benefícios não é tão comum no mercado, por isso, os funcionários costumam valorizar o lugar que estão trabalhando duas vezes antes de procurar por outra empresa.

O employer branding também ajuda a reduzir o turnover, que é o índice de reatividade de uma empresa, o que, consequentemente, reduz custos com processos seletivos. Como benefício, sua empresa mantém um time entrosado e consistente por um longo período, o que faz toda a diferença no andamento de projetos e resultados entregues.

 

Aumento da produtividade

Profissionais felizes produzem melhor, assim, o aumento da produtividade é uma das maiores vantagens ao investir no employer branding. Afinal, nada melhor do que ser bem tratado, cultivar bons relacionamentos e ter seus esforços reconhecidos. Tais medidas melhoram o clima organizacional e reforçam a cultura da empresa.

Como você viu nesse artigo, diante tantos benefícios, vale muito a pena adotar o employer branding na sua empresa, pois o método auxilia na imagem da empresa e na retenção de talentos. Para continuar por dentro de todas as tendências do mercado de trabalho, continue acompanhando nosso blog!

 

 

Anterior Como enxergar um líder entre os seus colaboradores?
Próxima O que é Empowerment? Saiba qual a sua importância

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 186 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Dicas e novidades na área de Recursos Humanos | Blog Rankdone

Dia do (a) psicólogo (a)

Olá! Parabéns a todos (as) psis! Você já sabe da história por trás dessa data? Ela vem do dia em que a profissão foi regulamentada: 27 de agosto de 1962.

Recursos Humanos

ATS: Aprimore seu Software de Recrutamento e Seleção

O processo de Recrutamento e Seleção é uma série de atividades que uma empresa realiza para encontrar e contratar novos funcionários. Ele começa com a identificação das necessidades de colaboradores

Dicas e novidades na área de Recursos Humanos | Blog Rankdone

O mundo pós-Covid-19 no Recrutamento e Seleção

Uma das áreas corporativas mais afetadas por esta mudança é, sem dúvidas, a de Recrutamento e Seleção. Afinal, muito dos processos realizados contavam com entrevistas e dinâmicas realizadas pessoalmente. Por