Onboarding: o que é e como implementar em sua empresa?

Onboarding: o que é e como implementar em sua empresa?

As primeiras semanas em um novo ambiente corporativo é um grande desafio para qualquer novo colaborador. Afinal, ele precisa ajustar suas atitudes de acordo com as exigências da empresa, inclusive para se adaptar melhor a ela.

Para tanto, os responsáveis pela gerenciamento de pessoas não devem abandoná-lo após o recrutamento. É possível ajudar por meio do processo de onboarding, fica mais fácil incentivar esta apresentação, além de permitir que o funcionário exerça suas funções com excelência desde o princípio.

Mas o que é este conceito e como implementá-lo? Neste artigo, você confere a resposta para ambas as perguntas e pode se aprofundar no assunto. 

O que é onboarding?

Para começar, onboarding consiste em um conjunto de ações para orientar colaboradores que acabaram de ser contratados pela empresa. O principal objetivo nisso é inseri-los e capacitá-los na cultura organizacional, de modo a socializar com a equipe e garantir segurança para realizarem suas atividades logo após a seleção

Com esta técnica, fica mais fácil reduzir o tempo que um colaborador precisa para se acostumar com o ambiente, além de atingir seu potencial com mais rapidez. Em tempo, ela não se resume apenas a uma apresentação do novo colaborador para a equipe de seu setor.

Pelo contrário, a estratégia é muito mais ampla. E, envolve processos de orientação, supervisão, acompanhamento e treinamento. 

Como implementar onboarding na empresa?

Cada empresa pode desenvolver seu próprio método de onboarding, de acordo com seus valores e com o perfil de seus colaboradores. Contudo, algumas etapas são obrigatórias para torná-lo eficiente e otimizado. Veja só!

Estabeleça seus objetivos 

Antes de iniciar esta jornada, é fundamental determinar objetivos de maneira mais específica. Como, por exemplo, engajar o novo funcionário com o pessoal de sua área, reter talentos ou repassar um treinamento.

Monte um bom cronograma

Como em qualquer outro planejamento, um cronograma é fundamental para que cada atividade com o colaborador tenha um prazo de execução. Assim, ele embarca numa experiência contínua e ordenada, o que facilita sua adaptação.

Documente todo o processo

É fundamental manter um registro de resultados, metas e atitudes do colaborador neste período. Assim, o gestor estabelece um padrão de qualidade para aprimorar procedimentos no futuro. Um bom software de gestão pode ajudar a compartilhar as informações com outros responsáveis por processos de integração na empresa.

Acompanhe de perto os resultados

É essencial acompanhar de perto os resultados, porque um colaborador pode levar meses até se sentir totalmente socializado e produtivo. Invista em feedback para uma percepção atualizada de quem chegou sobre a empresa, faça reuniões e entrevistas e mantenha todos os detalhes na documentação. Assim, você poderá identificar possíveis falhas e pontos de melhoria na estratégia e possíveis dificuldades do colaborador.

Sem dúvidas, o onboarding é uma prática mais complexa e eficiente do que simples apresentações gerais de colaboradores. É ela a grande responsável por fazer com que eles se alinhem a expectativas, compreendam regras de conduta e ganhem motivação para atingir suas metas.

Este conteúdo foi útil para você? Assine a nossa newsletter para receber por e-mail outras dicas e artigos que podem ajudar a melhorar os processos internos de sua empresa.

Anterior REDAÇÃO CORRIGIDA POR INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: SÓ A RANKDONE TÊM!
Próxima Recrutamento e seleção: recrute muitos, selecione poucos, contrate um

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 103 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Recursos Humanos

Regras de Contratação de Funcionários: Saiba Quais São

Uma das principais tarefas do departamento de recursos humanos das empresas são os trâmites de contratação de funcionários. Tal processo envolve várias etapas, como o tratamento de todos os documentos

Destaque

People Analytics: Importância e como aplicar na sua empresa!

O gerenciamento de um RH estratégico depende muito do People Analytics, que consiste no levantamento de dados de funcionários para a elaboração de análises de dados que poderão servir para

Recursos Humanos

Saiba como usar a gestão de pessoas para diminuir a rotatividade

A alta rotatividade de funcionários é, sem dúvida, um dos maiores desafios da gestão de pessoas no ambiente corporativo. Para que uma empresa seja competitiva no mercado, a captação e