Teste com a metodologia BigFive: novidade Rankdone.

Teste com a metodologia BigFive: novidade Rankdone.

O BIGFive da Rankdone conta com diferenciais únicos no mercado. 

A plataforma Rankdone acaba de lançar mais um tipo de teste: avaliação de personalidade usando a metodologia Big Five. A plataforma que já possui o teste MASP (Mapeamento Apreciativo Sistêmico de Perfil) passa a contar com um dos mais reconhecidos métodos de avaliação de personalidade.

O modelo que deu origem ao BIG5 (ou Big Five) teve início na década de 60 mas foi nos anos de 1990 que ele de fato passou a ser utilizado. O modelo dos cinco fatores foi estudado e validado por muitos pesquisadores independentes ao longo dos anos, portanto a teoria não tem “dono” nem “autor”, o que aumenta imensamente seu sucesso empírico.

O Big5 (Modelo dos Cinco Grandes Fatores) é uma metodologia para avaliar personalidade e características que tem como base cinco traços amplos de personalidade, denominados fatores. Estudos validaram estatisticamente esses cinco fatores, por meio de análise fatorial. São esses:  EXTROVERSÃO, NEUROTICISMO, ABERTURA PARA EXPERIÊNCIA,  AGRADABILIDADE, CONSCIÊNCIA.

As notas de cada fator vão de 0 a 120 entretanto, quando falamos de personalidade não classificamos como “boa” ou “ruim”; deste modo, consideramos qual é mais adequada para determinada área, num contexto corporativo. Sendo assim, o Big5 serve para mostrar o grau de intensidade que a pessoa possui para cada um dos 5 fatores. Cada um dos 5 fatores possui 6 subfatores, que são facetas que podem ser analisadas separadamente e  também possuem grau de intensidade entre 0 a 20.

Porque o BigFive da Rankdone é diferente?

1- As 120 perguntas foram revisadas e adaptadas para a cultura brasileira.:

O BIG5 é uma metodologia e não algo engessado e pronto como se fosse um produto de prateleira. As 120 perguntas que são respondidas podem – e devem – sofrer ajustes de acordo com a cultura de cada país assim como de acordo com o momento que a sociedade está vivendo.

As 120 questões do BIG5 da Rankdone foram avaliadas e ‘nacionalizadas’ pela psicóloga Amanda Barreto  (https://www.linkedin.com/in/amoliveira/) que fez um trabalho minucioso para fazê-lo refletir sobre a cultura e o momento que o Brasil vive.  

“As 120 questões do BIG5 da Rankdone foram avaliadas e adaptadas para melhor análise dos perfis da população brasileira, pela psicóloga e especialista em neurociências aplicada à psicologia, Amanda Barreto, que por meio de um trabalho minucioso, adequou o teste em sua totalidade visando assegurar maior acurácia entre os perfis analisados, considerando a cultura brasileira e consequentemente a necessidade de adequação linguística, e os resultados obtidos. A fim de orientar a melhor forma de utilização do BIG5, objetivando o alcance de resultados mais fidedignos, capazes de traduzir as respostas do questionário em traços de personalidade dos respondentes, Amanda Barreto enfatiza que a pessoa avaliadora não deve NUNCA usar este teste de personalidade ou quaisquer outros que tenham a mesma finalidade ou semelhantes como único ou principal instrumento de avaliação ou de análise do perfil da pessoa avaliada em quaisquer circunstâncias, mas sim como complemento de um processo que inclui outras ferramentas avaliativas, como entrevistas, dinâmicas de grupos, entre outras. Além disso, é fundamental que os resultados de tais instrumentos sejam usados com extrema prudência a fim de evitar que resultem na criação de rótulos dos avaliados, pois o ser humano é complexo e seus traços de personalidade e comportamentos tendem a transcender quaisquer análises que tais testes conseguem realizar”, explica  Amanda Barreto. 

2- Os 5 fatores podem ser ‘priorizados’ por importância

No teste BIG5  idealizado pela Rankdone, o recrutador pode ajustar os ‘pesos’ dos 5 fatores de acordo com o que ele mais busca no candidato. Se ele considera que o fator ‘extroversão’ é muito importante e ele configura isso na Rankdone, os candidatos que tiverem o fator extroversão elevado serão ranqueados em posição de destaque em relação àqueles que – por exemplo – tem pontuação alta em outro fator.

3- A RIA aponta os fatores mais importantes para uma determinada descrição de vaga.

A RIA (Inteligência Artificial da Rankdone) consegue definir a importância de cada um dos 5 fatores tendo como base a descrição da vaga (job descriptions) e ela aponta para o recrutador o peso que deve ser dado a cada um dos fatores para dar destaque ao perfil procurado. Com apenas 1 clique o recrutador pode aceitar a sugestão da RIA ou fazer mudanças nas importâncias dos fatores.

4- Relatório de perfil abrangente e detalhado.

Cada um dos 5 fatores e cada um dos 6 sub-fatores, que totalizam 30 sub-fatores, são classificados como BAIXO, NEUTRO e ALTO para designar o quanto cada perfil analisado possui daquele fator.

O BIG5 (Big Five)  da Rankdone já está disponível para todos os clientes usuários da plataforma.

É importante ressaltar, conforme comentário da Amanda Barreto: “Os usuários do  BIG5 ou de qualquer outra ferramenta de análise de perfil precisam se conscientizar que nenhum teste de perfil deve ‘rotular’ uma pessoa e NUNCA deve ser utilizado como único ou principal instrumento de avaliação ou de análise de personalidade em quaisquer circunstâncias, mas sim como complemento de um processo que inclui outras ferramentas para mapeamento de perfis, como entrevistas, dinâmicas de grupos, entre outras.” 

Quem é Amanda Barreto?

Amanda Barreto é formada em Psicologia, pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas e em Neurociências Aplicada à Psicologia, com extensão em Ética e Sustentabilidade pela Universitat Autònoma de Barcelona. Atua na área de Recursos Humanos desde 2006, adquirindo sólida experiência generalista, em gestão de projetos e de pessoas, nas áreas de Desenvolvimento Organizacional, Treinamento e Desenvolvimento, Atração e Seleção de Talentos, Gestão de Desempenho e Resultados, Cargos e Salários, Gestão e Desenvolvimento de Talentos, Formação e Desenvolvimento de Lideranças, Clima Organizacional, Políticas de RH, Cultura, People Analytics, Business Partner, Endomarketing, ESG, diagnóstico organizacional e implantação da área de RH. Escritora, é coautora do livro “Coaching nas Empresas”, lançado pela editora IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), autora do livro “O Grito que Ninguém Ouviu”, publicado pela editora Novo Século por meio do selo Novos Talentos da Literatura Brasileira, e autora de artigo sobre Resiliência publicado na edição 131 da revista Psiquê, que publica artigos sobre Psicologia.

Rankdone: Plataforma de testes online, recrutamento e seleção para um RH ágil e moderno via Inteligência Artificial.

Gostou?
Experimente nossa plataforma gratuitamente e descubra como simplificar e aprimorar seus processos de recrutamento!

Selecione o melhor entre os melhores com a nossa plataforma de Recrutamento e Seleção.

Fale com um especialista e saiba mais!

Anterior Onboarding: o que é, como aplicá-lo e qual sua importância para uma empresa
Próxima Testes de especialidade: Evolua seu Time com Testes de Especialidade da Rankdone!

About author

Rodolfo Gobbi
Rodolfo Gobbi 3 posts

Idealizador e Presidente do Rankdone. Apesar de não ter suas origens na área de RH, aplicou - para desenvolver o Rankdone - seus 20 anos de experiência na contratação de profissionais e na montagem e gerência de equipes técnicas.Atua como Sócio-Diretor da empresa 4linux. Foi fundador e presidente do LPI( Linux Professional Institute) Brasil, a maior certificação profissional linux do mundo. Possui experiência em gerência técnica , comercial e financeira. Graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade de São Paulo com especialização em Computação, fez Extensão em Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas.Ministrou diversas palestras em eventos de informática.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Recursos Humanos

3 dicas para reduzir o tempo de recrutamento e seleção de pessoas

Um processo seletivo de candidatos a uma vaga de trabalho com muitas etapas é ruim não apenas para a empresa, mas também para os candidatos. É necessário, então, reduzir o

IA e Recursos Humanos

7 práticas para entrevistar candidatos à vaga de emprego

Realizar uma entrevista de emprego não é uma tarefa tão simples quanto se imagina. Sendo uma das etapas mais importantes em um processo seletivo, são necessários conhecimentos importantes na hora

Dicas e novidades na área de Recursos Humanos | Blog Rankdone

Seu teste de raciocínio lógico vai punir e excluir seus melhores candidatos.

É preciso usar testes de lógica somente onde ele adiciona valor. Hoje são pouquíssimos os casos para a maioria das vagas do mercado. Alguém pode pensar “nossa, uma plataforma de