Saiba a importância e para que serve o Exame Admissional

Saiba a importância e para que serve o Exame Admissional

É sabido que em um processo seletivo são realizados vários testes antes da contratação de um novo colaborador. Faz parte, além da avaliação de perfil e de capacitação profissional, o exame admissional, focado na saúde do empregado.

Sim, além de ter certeza de que o funcionário é capacitado e possui o perfil da empresa, é de extrema importância a realização de exames de saúde para saber se está tudo em ordem com o mais novo funcionário. Tal fator é mais importante do que se imagina, e é o que iremos ver a seguir.

 

O que é exame admissional?

Consiste em uma avaliação médica (check-up físico e mental) que serve para assegurar que o funcionário em questão possui plenas capacidades de exercer as funções para as quais foi contratado.

O exame admissional é obrigatório para todas as empresas que contratam sob o regime CLT, e está descrito no Artigo 168:

“Art. 168 – Será obrigatório exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste artigo e nas instruções complementares a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho:

I – a admissão;

II – na demissão;

III – periodicamente.”

 

Para que serve o exame admissional?

O exame admissional, ao contrário do que muitos pensam, é vantajoso não apenas para o empregador, que se certifica das capacidades físicas e mentais do funcionário, mas também para o empregado, pois se trata de uma burocracia com foco na proteção da saúde do trabalhador, possibilitando acompanhar de perto o seu estado de saúde.

 

Qual a importância do exame admissional?

Caso o funcionário contratado para determinada função não apresente capacidade para exercê-la, grandes problemas poderão ser gerados para a organização, além de trazer ainda mais riscos para a saúde do trabalhador. Logo, os exames admissionais ajudam a resguardar a empresa de eventuais problemas, pois ainda que a avaliação identifique alguma anomalia, a contratação poderá ser realizada com a adaptação do ambiente e das atividades, de acordo com as necessidades do profissional. Se este tiver um problema relacionado com a coluna, um ambiente mais ergonômico deverá ser providenciado na sua estação de trabalho, por exemplo.

O exame admissional ainda resguarda a empresa caso algum problema de saúde seja manifestado durante a estadia do funcionário na empresa, já que este poderia alegar que a doença foi adquirida durante as atividades na organização, questão que pode ser esclarecida com o laudo do exame admissional, que comprovará que a doença já era existente antes da entrada na empresa.

Para o funcionário, o exame admissional traz provas legais do seu estado de saúde antes das atividades serem iniciadas, o que garante a sua aptidão para a execução do trabalho sem colocar a sua saúde e a de terceiros em risco.

O trabalhador ainda é protegido por lei caso venha a desenvolver problemas de saúde ligados à ocupação exercida, além de benefícios como afastamento e indenizações.

 

Como o exame admissional deverá ser realizado?

Os exames admissionais devem ser realizados sempre em clínicas especializadas, autorizadas para esse tipo de prática, para isso, é preciso que haja um médico especialista em medicina do trabalho e equipamentos necessários para a realização da avaliação.

A clínica ainda precisa seguir aspectos importantes, como o preenchimento adequado do Atestado de Saúde Ocupacional e a realização de exames fundamentais de acordo com a função exercida.

Entre os exames que poderão ser realizados, estão a verificação de pressão arterial e batimentos cardíacos, além de avaliação do quadro clínico geral, entrevistas com foco no histórico de doenças crônicas na família do profissional, perguntas acerca dos hábitos do trabalhador, como o uso de bebidas alcoólicas e atividades físicas, e questionários dos medicamentos utilizados.

Por outro lado, há exames que não deverão ser realizados, como testes de gravidez, esterilidade e HIV, os quais não são exigidos para o exame admissional, logo, não poderão ser solicitados pela empresa.

Ao final do procedimento, caso haja aprovação do funcionário, será emitido o Atestado Médico de Capacidade Funcional, que atesta a aptidão do funcionário para exercer as funções as quais foi contratado. O atestado tem, geralmente, validade de 90 dias, o que significa que, quanto antes o exame for realizado, melhor, sendo que o prazo limite é até a véspera do primeiro dia de trabalho do colaborador. Assim, é crucial que os exames sejam realizados antes do início das atividades para evitar implicações legais.

 

Há punições caso o exame admissional não seja realizado?

Em caso da não realização do exame admissional, a empresa poderá ter uma série de problemas trabalhistas e complicações junto à justiça do trabalho. Uma delas é responder na justiça por violação das leis, pois, como já mencionado anteriormente, o exame admissional é obrigatório para empresas que realizam contratações sob o regime CLT.

Caso ainda haja alguma irregularidade durante o processo, como a procura de clínicas por conta do funcionário, assim como o seu custeamento, a empresa poderá ter altíssimos prejuízos perante a lei, além de não ter como comprovar a credibilidade do procedimento e resultado.

Como pôde ver, o exame admissional é uma etapa indispensável no processo de contratação de um colaborador e deve ser realizado com rigor, conforme estipulado por lei. Sendo assim, tenha a certeza de agir sempre dentro dos conformes com o que é exigido para assim, evitar problemas trabalhistas no futuro.

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

 

Leia Também:

Regras de Contratação de Funcionários: Saiba Quais São

Anterior Qual a Importância de Uma Entrevista de Desligamento? Saiba Mais
Próxima Mapeamento de Competências: Saiba o que é e como elaborá-lo

About author

Você pode gostar também

Recursos Humanos

4 motivos para aplicar testes online no seu processo de seleção

Aplicar testes online no seu processo de seleção pode ser essencial para ajudar na escolha mais rápida e eficiente de candidatos. Isso porque esse tipo de teste pode ser feito

IT and Human Resources

Tudo sobre RH 4.0: O que é, como funciona e qual sua importância

Você já ouviu falar do RH4.0? No artigo de hoje, vamos falar sobre essa nova tendência do setor de recursos humanos que, em conjunto com outras vertentes, têm sido crucial

Recursos Humanos

Setembro amarelo: como as empresas estão investindo no bem-estar de seus colaboradores?

O mês de setembro chegou e com ele, veio o setembro amarelo. Mas o que esse tema tem a ver com o ambiente corporativo? Neste artigo, explicaremos melhor do que