O que leva bons funcionários a pedirem demissão da empresa?

Você executa um processo seletivo e entre diversos candidatos, seleciona aquele que considera mais capacitado. É realizado então todo um investimento com treinamento e integração, até que, sem mais nem menos, o funcionário pede demissão. Já viu esse filme antes? Pois saiba que esse tem sido um problema recorrente nas empresas, mas a boa notícia é que tem solução. Quer saber mais? Então continue lendo este artigo e saiba porque bons funcionários pedem demissão da sua empresa e como solucionar.

Falta de feedback

Ninguém gosta de trabalhar às cegas, sendo assim, muitos funcionários acabam pedindo as contas por não se sentirem no caminho certo e/ou por não se sentirem devidamente valorizados. A ausência de feedback em relação ao desempenho do funcionário pode resultar em desmotivação, coisa que qualquer colaborador foge hoje em dia, pois o que eles desejam é um ambiente em que sintam que há suporte, ou seja, um ambiente colaborativo.

Falta de fit cultural

Quando não há alinhamento entre missão, valores e objetivos da empresa com o que o funcionário busca em uma corporação, o resultado será desalinhamento como o fit cultural. Esse fator deve ser monitorado logo no processo seletivo, pois contratações equivocadas poderão resultar, muito provavelmente, em pedidos de demissão no futuro.

Falta de plano de carreira

O profissional precisa se sentir constantemente desafiado para manter o interesse em um cargo, ou seja, a estagnação em uma função também é um dos fatores de pedidos de demissão nas empresas. Sem expectativas de crescimento a médio e longo prazo, após anos na mesma função sem a valorização devida, é muito provável que esse profissional busque novos ares em outra empresa.

Ausência de benefícios e salário abaixo da média

Um salário abaixo da média, que não sofre nenhum reajuste ao longo da estadia do colaborador na empresa, também é um estopim para o seu pedido de demissão. Além disso, não só de altos salários vive um funcionário, mas também de qualidade de vida, e é aí que entram os benefícios, como os já populares vale-transporte, vale-refeição e seguro de vida. Além desses, os profissionais têm valorizado muito benefícios mais personalizados, tema que iremos aprofundar mais a diante.

Ausência de qualidade de vida

Como dito no tópico anterior, a qualidade de vida tem sido muito valorizada no mercado de trabalho atual, tanto quanto salários compatíveis. Um dos fatores que tem espantado o colaborador são horários inflexíveis, com muitas horas no escritório, sem tempo para lazer e família.

Ambientes tóxicos também são um dos grandes responsáveis por desligamentos nas empresas, já que a velha filosofia “manda quem pode obedecer quem tem juízo” tem cada dia mais feito menos sentido nas organizações.

Veja também: KPIs de RH: Conheça os principais indicadores estratégicos

Como evitar pedidos de demissão?

O caminho para reter talentos é, basicamente, investir no clima organizacional da empresa, logo, vejamos as principais dicas para encantar o seu colaborador e evitar que ele migre para a concorrência.

Abra os canais de comunicação na empresa

Como dito anteriormente, estar aberto a feedbacks é muito importante para gerar sensação de pertencimentos e estreitar laços entre colaboradores e gestores. Por isso, estimule sempre a comunicação dentro da empresa, seja através de comunicados impressos ou por e-mail, seja através de reuniões, permitindo sempre a participação de todos os setores no compartilhamento de ideias, críticas e sugestões. Com isso, a organização ganha a confiança do time e ainda obtém material para mensurar resultados e se antecipar a problemas, como as próprias demissões.

Invista em benefícios personalizados

Investir em benefícios personalizados auxilia a manter o funcionário mais motivado e com brilho nos olhos. Assim, tente quebrar o óbvio dos benefícios já batidos. Que tal, por exemplo, oferecer um plano de saúde familiar? Essa é uma boa opção para fugir do plano individual, mais disseminado entre as empresas:

Busque ainda por benefícios que saiam do senso comum, como trabalho a distância, flexibilidade de jornada de trabalho, bonificações de resultados, parcerias com instituições de ensino, convênios com academias e spa, entre outros, enfim, use a sua criatividade.

Invista em cursos e treinamentos

O investimento em capacitação profissional também é uma ótima estratégia para a retenção de talentos. Como mencionado nos tópicos anteriores, um funcionário precisa se sentir sempre em movimento, pois isso é o que o alimenta, crescer como profissional. Então por que não auxiliá-lo nessa jornada tornando-o um profissional altamente capacitado e alinhado com a empresa? Lançando mão de cursos e treinamentos, você poderá moldar o funcionário de acordo com o que a organização necessita, ou seja, ambos os lados saem ganhando.

O que apresentamos aqui são os passos essenciais para você iniciar a estratégia de retenção de funcionários na sua empresa, reduzindo drasticamente os pedidos de demissão de bons funcionários. Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o nosso blog!

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

Anterior Dia do (a) psicólogo (a)
Próxima DIA DO ADMINISTRADOR

About author

Você pode gostar também

Recursos Humanos

Aprenda a encontrar os melhores desenvolvedores de software para sua empresa!

Contratar Desenvolvedores de Software é um desafio. Os desenvolvedores são basicamente profissionais responsáveis pela criação de softwares, páginas web, aplicativos e o que mais for digital. Numa era de inclusão

Dicas e Novidades

Amenizando dores de recrutamento em TI com um desafio público

Recrutamento online para profissionais de TI com desafio público Pequeno Estudo de Caso em que a Rankdone foi utilizada em um desafio público para angariar aumento de candidatos em um

Plataforma de Seleção Recursos Humanos

Recrutamento de TI: O Alto Custo de Uma Contratação de TI Ruim

por Riia O’Donnell Recrutar para uma posição aberta é uma corrida para encontrar o melhor candidato dentro do seu orçamento e na menor quantidade de tempo. Ao recrutar um candidato