Vai implementar novos sistemas para Recursos Humanos?

Vai implementar novos sistemas para Recursos Humanos?

Segue uma espécie de paraquedas para o RH

Por Marcelo Marques

Se você é de RH, e vai implementar novos sistemas no seu departamento, tenha à mão: chá de camomila, um pouco de anti-ácido, desfibrilador, uma bolsa de água quente e de gelo e um paraquedas. Se por ventura pensar em ter um ataque cardíaco, programe-o para ter em casa, já de pijamas. O dia seguinte será melhor, pois vale a pena implementar inovações no RH apesar de todas as dificuldades.

No Brasil, empresas começam aos poucos a investir mais em RH para eliminar processos manuais e burocráticos, automatizar outros manuais e implementar inovações com as novas startups que começam a surgir em cada quarteirão. Se você está dentro deste cenário, prepare-se. Alguns problemas poderão acontecer: Seu fornecedor poderá sumir, o sistema poderá não falar com outros, haverá perda de dados, os fornecedores não se integrarão e as vezes o sistema simplesmente não fará o que foi vendido. Tudo isso tem saída se pelo menos você teve uma pontuação na tabela abaixo. Se não teve, foi uma escolha errada de fornecedor.

Abaixo uma tabela simples para pontuação do seu sistema para Recursos Humanos:

Fatores Críticos de SucessoMotivoPontuação
1 – Seu fornecedor entrega sozinho todas as soluções integradas que você precisa? Tudo?São só promessas lindas. Nenhum sistema faz isso bem feito. Prefira (por mais doído que seja), fornecedores especializados no seu quadrado.0 – Não é verdade
2 – Seu fornecedor tem API?API é hoje a forma como um sistema fala com outro. Se ele não tiver API, é bem provável que o sistema não falará automaticamente com qualquer outro…1 – Não tem

2 – Tem, mas ninguém está usando

3 – Tem, mas o uso é incompleto

4 – Tem e empresas do meu porte já estão utilizando

3 – Seu fornecedor tem clientes do seu tamanho usando o sistema dele?Se não tiver, o risco seu é maior, pois você vai melhorar o sistema dele com as demandas que fará. O problema é tempo para ele entregar tudo isso, se ele entregar.1 – Não tem

4 – Tem

4 – Seu fornecedor lhe permite exportar seus dados sem que você fique refém dele?Você precisa ser independente de fornecedor1 – Não

4 – Sim

5 – Seu fornecedor fez um piloto que você aprovou e passou por todos os processos que precisa para seu negócio?Sem um piloto, o rísco de compra é grande… Vendedores têm metas à bater…1 – Não fiz

2 – Fiz mas não funcionou

3 – Fiz mas e quase tudo funcionou, o que não funcionou, será direcionado para o fornecedor agir e resolver

4 – Fiz e funcionou

6 – O piloto que você fez, tem integração com outros fornecedores?Sem a integração, fica difícil você ter certeza que tudo funciona. O ideal é a aprovação dos outros fornecedores para eles garantirem que o sistema deles falará com este novo – Lembre-se que se você tiver integração com outros sistemas, você terá que pagar para estes outros fornecedores desenvolverem a comunicação com a API desse novo fornecedor1 – Não fiz e os outros fornecedores não me responderam

2 – Não fiz e só uma parte dos fornecedores aprovaram

3 – Fiz e todos fornecedores que participaram aprovaram

4 – Fiz e todos aprovaram

7 – Seus fornecedores e o novo que está entrando, aprovam e conseguem implementar no prazo, apesar de curto?Se o prazo é curto, ele não será cumprido. Sempre ocorrerão problemas. Já tenha na manga um plano B para parte do trabalho ser manual1 – Concordam todos

4 – Não concordam e eles já têm um plano B

Troque de fornecedorMenor igual a 14
Pesquise mais no mercado se não existe alguma solução melhor. Se não existir, exponha à gerência os perigos e tenha planos BEntre 15 e 21
Aparentemente você sairá do outro lado com algumas dores de cabeça.Entre 21 e 24

Baixe essa planilha como imagem para impressão.

Profissionais de TI normalmente são otimistas. Prefira profissionais de TI que já erraram e aprenderam com os erros. Os prazos sempre estouram, tenha planos B.

Somos uma empresa de aplicação de testes online especializados nas mais diversas áreas. Os RHs nos usam, integrado aos seus sistemas, para aplicar testes em processos seletivos. Isso lhes dá velocidade, redução de custo e assertividade. Nossos testes são de habilidades técnicas para qualquer tipo de vaga, desde mecânicos até cientista de dados. Temos clientes dentro e fora do Brasil.

Anterior A Indústria de Recrutamento vai morrer em 2018
Próxima Recrutamento de TI: O Alto Custo de Uma Contratação de TI Ruim

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 103 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Recursos Humanos

Quais ferramentas usar no processo de recrutamento e seleção?

Se até bem pouco tempo o setor de RH era visto apenas como um departamento pessoal de apoio ao trabalhador, hoje ele vem ganhando espaço nas empresas e tendo seu

Destaque

Conheça o ciclo PDCA e como aplicá-lo no seu RH!

Com esse método, não somente é possível corrigir erros, mas também aprimorar métodos já executados para entregar sempre os melhores resultados. Leia mais sobre o PDCA a seguir. O que

Recursos Humanos

O futuro do RH: ‘bigdata analytics’ com software de recrutamento e seleção online

Desde o início do século XXI estamos vendo muitas mudanças, sejam na sociedade, no mercado, nas relações de trabalho e na política. Todas essas mudanças são efeitos do uso que