Como ter um RH estratégico na sua empresa

Como ter um RH estratégico na sua empresa

Foi-se o tempo em que a área de RH era fechada em si, focada em algumas funções relacionadas a recrutamento e departamento de pessoal. Em empresas que prezam pelo crescimento, inovação e diferenciação no mercado bastante competitivo, o RH transformou-se também na área que impulsiona o desempenho e a produtividade da equipe. Mas, para muitos profissionais, ainda surgem dúvidas sobre como ter um RH estratégico que possua essas qualidades.

O planejamento estratégico envolvendo a área de recursos humanos significa que toda a empresa estará agindo em conjunto, tomando decisões relacionadas à equipes, busca e retenção talentos que diferenciam a organização perante a concorrência.

Veja realmente como ter um RH estratégico:

Apoio de toda a Diretoria e da Presidência

Nenhum dos itens abaixo terão qualquer valor, sem o apoio da presidência e da direção da empresa. Sem boas equipes, sem talentos, praticamente não vai adiantar investir em nenhuma inovação. Inteligência Artificial vai chegar e substituir muita coisa, mas até para Inteligência Artificial, é preciso ter talentos.

Promova interação entre os setores

O segundo passo para fazer do planejamento estratégico uma realidade na empresa, é aprimorar a comunicação interna. O RH deve receber feedback dos funcionários de todos os setores, entender suas preocupações e críticas, bem como suas satisfações. Isso fornecerá dados valiosos para que os profissionais de Recursos Humanos saibam como melhorar o ambiente da empresa para cada setor.

Isso torna o RH proativo, ao invés de reativo. Ou seja, ao invés de interferir apenas quando solicitado, a área passa a coordenar as ações de forma mais dinâmica. Os colaboradores se sentirão mais confiantes e a produtividade só tende a aumentar.

Nesta comunicação, é necessário clarear e nortear os valores e cultura da empresa para fortalecimento de talentos, processos e melhoria contínua. Não adianta comunicar bem processos ruíns, valores atrasados.

Planeje o futuro sem esquecer do presente

Outro ponto importante para aprender como ter um RH estratégico é perceber que não dá para focar nem apenas no que está acontecendo, nem apenas no que vai acontecer; mas nos dois ao mesmo tempo. O gestor do RH precisa ser um bom ouvinte e estar antenado ao que as outras áreas precisam em termos de estratégia de equipe, comunicação e melhorias. O gerente da área deve analisar com cuidado os novos recrutamentos e processos seletivos, mas também não pode tirar o olho do que está ocorrendo dentro da empresa atualmente. Podem ser necessárias readequações, por exemplo, ou trocas de cargo ou de setor. É sempre melhor focar nessas mudanças agora do que só perceber que algo tem que ser alterado na hora da demissão.

Valorize o perfil individual e das equipes

Para que aquele primeiro tópico, a comunicação, funcione de fato, a relação entre os colaboradores e o RH deve estar boa. São muitos os profissionais que, depois da contratação, nunca mais entram em contato com os funcionários. Isso mostra distanciamento e não causa nenhuma vontade real de que eles ajudem o setor a melhorar a empresa. Por isso, a valorização com méritos é importante, tanto individual quanto da equipe.

Procure avaliar os perfis e informá-los de suas qualidades de maneira tangível, com premiações, se for o caso. Não basta só atrair bons talentos: também é fundamental retê-los.

Tenha ferramentas que auxiliem na gestão do RH

Por fim, saber como ter um RH estratégico tem muito a ver com o aspecto humano, obviamente, mas não só isso. A tecnologia também pode ser uma enorme aliada nessa empreitada. Ferramentas digitais vêm sendo usadas pelos Recursos Humanos de diversas maneiras, para otimizar tempo, reduzir erros e aumentar a produtividade do setor e de todo o empreendimento. Avalie as habilidades técnicas dos funcionários, identifique os que precisam de capacitação. Invista nestas melhorias.

Redes sociais corporativas, por exemplo, ajudam na comunicação interna; softwares de monitoramento ajudam a observar onde estão os melhores resultados. E softwares de recrutamento e seleção de funcionários possuem todas as qualidades listadas acima: menos tempo gasto, menor quantidade de erros e mais produtividade.

Anterior O que é RH estratégico?
Próxima Ferramentas de gestão para deixar o seu RH estratégico

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 186 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Recursos Humanos

Quais ferramentas usar no processo de recrutamento e seleção?

Se até bem pouco tempo o setor de RH era visto apenas como um departamento pessoal de apoio ao trabalhador, hoje ele vem ganhando espaço nas empresas e tendo seu

IA e Recursos Humanos

Currículo aceita tudo e candidatos exageram na hora de relatar o que sabem fazer.

Por Rodolfo Gobbi É muito fácil, nos dias de hoje, submeter um currículo a uma vaga de emprego e tem aumentado exponencialmente a quantidade de currículos por vaga anunciada. Nos

Recursos Humanos

Atitudes, Normas, Intenção Comportamental e Comportamentos

Muitas medidas de processos psicossociais estão relacionadas às percepções e opiniões dos indivíduos. Por exemplo, quando perguntamos o quanto um indivíduo gosta de trabalhar em equipe ou quando perguntamos qual