Absenteísmo: Descubra o que é, e como evitar!

Absenteísmo: Descubra o que é, e como evitar!

O absenteísmo se faz presente em praticamente todas as organizações, seja em índices menores ou maiores, mas saiba que a níveis elevados, isso pode deixar de se tornar rotina para virar um grande problema para a sua organização. Entenda mais lendo este artigo.

Absenteísmo: o que é

Absenteísmo é um termo que vem do latim que significa “estar fora, afastado ou ausente”. No mundo do RH, o absenteísmo tem a ver com os níveis de ausência de um trabalhador na empresa. Esses índices são baseados em ausências voluntárias ou involuntárias, que incluem:

  • Saídas antes do final do expediente;
  • Faltas justificadas por atestado médico;
  • Faltas injustificadas por qualquer motivo;
  • Suspensões;
  • Licenças por INSS;
  • Licenças maternidade;
  • Dentre outros.

A única ausência não incluída nos índices de absenteísmo são as férias.

 

Qual a taxa de absenteísmo aceitável?

É natural que haja certos índices de absenteísmo em uma organização. Segundo a revista Exame, os níveis giram em torno de 5% nas empresas. Até aí, não há com o que se preocupar, mas se os índices estiverem elevados na sua organização, esse é, provavelmente, um indicativo de que algo não vai bem no time. A partir daí, é o momento de identificar quais são os motivos para assim, corrigi-los.

 

Quais são as causas do absenteísmo?

Diversas são as causas que podem levar ao absenteísmo, dentre elas estão:

  • Mal clima organizacional;
  • Falta de alinhamento de funcionário com gestores e equipe (fit cultural desalinhado);
  • Não adaptação/identificação com a vaga e funções;
  • Estresse;
  • Desmotivação;
  • Falta de perspectivas com cargo/empresa;
  • Falta de estrutura física adequada (falta de ergonomia, equipamentos que não funcionam adequadamente);
  • Problemas de saúde do funcionário;
  • Problemas de locomoção até o trabalho, geralmente vivenciado por aqueles que moram longe da empresa.

 

Absenteísmo traz prejuízos para a organização

É muito importante observar quais são os motivos que estão levando aos altos índices de absenteísmo em uma empresa, já que o funcionário que não trabalha, obviamente, deixará de produzir, gerando prejuízos para a organização. Além disso, o absenteísmo também pode culminar em problemas mais sérios, como turnovers, por isso é tão necessário identificar suas causas para atuar na raiz do problema e assim, evitar transtornos para a sua empresa.

 

Como diminuir o absenteísmo na minha empresa?

Manter o funcionário motivado é uma das maiores chaves para reduzir os índices de absenteísmo, para isso, existem diversas formas de incentivo ao funcionário, como:

 

Proporcionar um clima organizacional saudável

Isso significa a eliminação de comportamentos tóxicos que podem causar estresse e ansiedade no colaborador, como exigência de metas inatingíveis, estimular competitividade tóxica entre funcionários, assédio moral etc.

 

Incentivos e premiações por bons desempenhos

Pode ser um simples elogio, compensações no salário, viagens e o que mais a criatividade permitir.

 

Cursos e treinamentos

Patrocinar cursos e treinamentos para o colaborador fará com que ele sinta que tem um propósito dentro da organização, pois um funcionário que se sente sem rumo e apenas mais um entre os demais da equipe acaba tendo como foco outras empresas, gerando assim não apenas absenteísmo, mas também rotatividade na organização.

 

Plano de carreira

Incentive bons desempenhos e recompense através de um plano de carreira sólido e promoções de cargo para que assim, o colaborador se sentir motivado a continuar na organização, afinal, ele saberá que ali haverá crescimento, valorização e novas oportunidades.

 

Ergonomia

O fator ergonomia é essencial para que não haja absenteísmo. Entenda, uma estação de trabalho desconfortável irá gerar sintomas físicos a médio e longo prazo no colaborador, o que culminará em faltas para ir até consultas e até mesmo em licença no INSS, e não é isso que nós queremos, certo?

 

Processos seletivos mais assertivos

Muitas vezes, o absenteísmo é causado pela falta de identificação com o cargo ou funções referentes à vaga preenchida, e isso é resultado de contratações equivocadas. Logo, é importante investir em processos seletivos mais assertivos, para isso, estude o perfil de cada candidato com cuidado e filtre currículos que não são compatíveis com a vaga em questão. Para isso, você pode contar com um software adequado, como o da Rankdone, por exemplo.

O blog da Rankdone espera ter lhe ajudado a entender melhor o que é absenteísmo e a importância da sua redução. Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

 

Rankdone: Plataforma de testes online, recrutamento e seleção para um RH ágil e moderno.

Selecione o melhor entre os melhores com a nossa plataforma de Recrutamento e Seleção.

EXPERIMENTE AGORA!

Anterior Estilos de comunicação: Como lidar com cada um e ter uma comunicação mais clara e eficaz
Próxima O que é Gestão de Pessoas nas Empresas?

About author

Você pode gostar também

Destaque

Testes de Processo Seletivo: Conheça os erros mais comuns.

Os Testes de Processo Seletivo avaliam habilidades essenciais para a vaga, permitindo que você tome decisões de contratação mais informadas.  Ao incorporar os testes pré-contratação desenvolvidos profissionalmente no processo de

Recursos Humanos

Cursos gratuitos de tecnologia com possibilidade de contratação.

A Rankdone e 4Linux em parceria com a MaturiJobs – selecionarão 20 candidatos com mais de 50 anos para realizarem cursos gratuitos. Os participantes que realizarem a formação até o fim poderão ser

Recursos Humanos

Vaga de Estagiário – Uma vaga. Um futuro. – Vagas encerradas

Você quer saber o que é estar numa Startup e não ser apenas um número? Participar de execuções que são importantes e fazem a diferença para clientes? Compartilhe este post: