18 de Agosto: Dia do Estagiário – Vantagens e Desvantagens

Cursar uma graduação lhe permite novas experiências, aprendizados e o mais importante: erros e dúvidas, o que contribui para a formação profissional e pessoal. No período do estágio será colocado em prática tudo o que lhe foi ensinado na faculdade a fim de obter experiência no mercado de trabalho.

Neste post você saberá as vantagens e desvantagens do estágio.

Lei do estágio 

LEI N 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008

     Art. 1o  Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam freqüentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos. 

Como funciona um programa de estágio?

O estágio é o período onde os estudantes podem colocar em prática os ensinamentos adquiridos no curso. Ele é um complemento para passos importantes de sua carreira. É sempre sua primeira experiência profissional.   Ou um trampolim para uma mudança de área junto a  profissionais já inseridos no mercado. O objetivo com a formação do aluno é sua inserção no mercado.

Formas de estagiar:

Estágio Curricular Obrigatório

São aqueles cuja atuação profissional depende de sua inserção no mercado de trabalho e da prática que a envolve. O estudante não conseguirá se formar se não tiver concluído essas disciplinas. 

Estágio Curricular Não Obrigatório

Esse estágio não é um requisito para que o estudante conquiste seu diploma. Ou seja, é uma opção pessoal, que pode enriquecer sua formação profissional durante a prática.

Vantagens de ser um estagiário(a)

1- Conhecimento 

“Só é útil o conhecimento que nos torna melhores” – Sócrates

O estágio é uma oportunidade que nos permite vivenciar a rotina de trabalho, como funciona a equipe e aprender a lidar com hierarquias.

2- Network

Esta é uma excelente oportunidade para ampliar sua rede de contatos profissionais e aumentar sua rede de conexões no LinkedIn, por exemplo. Você vai trabalhar com pessoas mais experientes que também passaram pela mesma fase que você está. Em sua maioria alguns destes profissionais mais experientes vieram de aprendizados mais difíceis e vão simpatizar com o seu momento dar feedbacks e orientações, portanto é essencial cultivar boas relações profissionais e ser um bom ouvinte. 

3-  Aprendizados 

Podemos aprender com as nossas falhas e também com a de outros profissionais mais experientes, afinal todos estamos sujeitos a erros e acertos. Conforme o passar dos anos alguns erros ficam menos toleráveis devido à posição hierárquica.

4- Desafios

Agora você está vivenciando tudo! E está fora da sua zona de conforto. Este é o melhor momento para crescimento pessoal e profissional, também saber se realmente estes desafios lhe deixam motivado ou com medo.  Mesmo que se  sentir em dúvida se é o que realmente quer exercer, você pode e deve conhecer outras empresas e expandir seu campo de conhecimento e trabalhar em uma área específica, por exemplo: estudantes de psiquiatria, são formados em medicina e precisam saber como funciona o corpo humano. Em algum momento terão que fazer uma biópsia. Para alguns podem ser um grande desafio: o cheiro, a memória, fobias, etc, mas isso é um pequeno passo para algo maior que deseja.  

5- Remuneração 

Grande parte dos estágios oferece remuneração, o que ajuda nos custos da faculdade e alguns gastos pessoais. É uma boa oportunidade de criar consciência da importância do dinheiro.

6- Efetivação 

Como vimos durante o texto, ser um bom ouvinte, ter um bom relacionamento com a sua equipe, são pontos positivos para ser reconhecido e finalmente ser efetivado na empresa. Entretanto pode não acontecer a efetivação, porém tudo que vivenciou neste período fica como aprendizado e terá valor no currículo! Com boas conexões no trabalho que cultivou durante este período, eles podem te indicar para um outras vagas.

Quais as desvantagens do estágio?

1 – Mão de obra gratuita

No formato de estágio não remunerado a primeira desvantagem é a falta de pagamento.

2 – Ansiedade 

Você está terminando seu curso e precisa de um estágio urgente para concluir sua grade e aceita a primeira opção que aparece. Esta não é a melhor maneira de conduzir sua finalização no curso, nestes momentos é vital ter calma pois pode estar perdendo uma melhor oportunidade ou ficar desanimado com a empresa por vários motivos, desde a equipe até a forma como o gestor trabalha. 

Lei do estágio: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm

Quer continuar atualizado a respeito dessas novidades indispensáveis para o setor de RH? Acompanhe nossas páginas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn para se informar ainda mais.

Anterior 11 de Agosto Dia do advogado
Próxima Dia Internacional da Igualdade da Mulher

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 103 posts

Gerente de Marketing e Relacionamento da 4Linux e da Rankdone, com mais de 11 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Dicas e Novidades

Lançamento Rankdone: mapeamento de perfil comportamental MASP.

O MASP – na sua simplicidade e profundidade – é diferenciado em relação ao DISC, MBTI e outras ferramentas de mapeamento de perfil. A plataforma de recrutamento e seleção Rankdone

Dicas e Novidades

Você sabe otimizar o recrutamento e seleção da área de RH?

Com pouco recurso, como otimizar ou recrutar e selecionar a área de RH? O processo de recrutamento e seleção da área de RH, nem sempre é o mais simples do

Dicas e Novidades

Recrutamento e seleção

Qual habilidade (técnica ou comportamental) é mais importante na hora de escolher um candidato? Trabalhar em um setor de recursos humanos exige muitas vezes habilidades de percepção e compreensão emocional